domingo, 18 de outubro de 2009

O vento pela janela do carro


A cabeça viola a janela do carro
O vento bate no rosto,
liberdade!
Sim, um pedaço de mim liberto
Tentando encontrar no aroma do vento, acalento para o coração.

Óh, que dor infantil a que sinto
Óh, que cura imprudente a que busco
Como pode nascer amor
Como? Se foi apenas um beijo?

Engano-me nessa ânsia de suportar
Aceitando a vida e sorrindo
Bringando com um peito que pede vingaça, crueldade
E recebe um amor que não sara.

Quantas janelas violarei para sentir a liberdade?
Quantas noites ainda terei que esquecer?
Como faz para esquecer...?
Um beijo que só quero lembrar.


Wanderson Lana




13 comentários:

Mariza disse...

Existem coisas que nem meu mais profundo superego sabe parar, uma delas é a lembrança do que pode vir. Lindo! Adorei!

Mariza Resplandes disse...

Existem coisas que nem meu mais profundo superego NÃO sabe parar, uma delas é a lembrança do que pode vir. Lindo! Adorei!

teatromatogrossense disse...

Forte amor que penetra sua alma, que este beijo não seja apagado, que se mantenha na sua mente vida para novas escritas.

Construindo Pontes disse...

Foi apenas um beijo...

'Quero que tudo que amei e perdi me seja devolvido' (...) 'Pois quecer é o que menos quer aquele que ama' (Rubem Alves)

aluisio disse...

Nossa perfeito esse poema Wanderson,cada vez mas escrevendo um poema mas lindo que outro PARABÈÉNS!
Ah ameii essa parte do seu poema -->
" Óh, que dor infantil a que sinto
Óh, que cura imprudente a que busco
Como pode nascer amor
Como? Se foi apenas um beijo?"
Simplismente perfeito esse poema...PARABÈÉNS mesmo! (:

Darci disse...

verdade..
como fazemos para esquecer?

Se souber escreve um com a solução.

Roberta disse...

"Como? Se foi apenas um beijo?!"

- A minha incansável sede de amar-te anseia em meu peito a cada segundo, mais forte, mais forte, mais forte...
Como esquecer, se tudo que mais desejo é lembrar?! -

[pegando embalo!] AMEI!

vanderlei jose disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vanderlei jose disse...

Se fosse preciso mil janelas violaria!!! Para esquecer cada segundo de agonia!!!! Somente por um beijo eu faria!!!


Parabéns amigO ...

Gustavo Henrique disse...

'Quantas janelas violarei para sentir a liberdade?'

Dionathan disse...

Um beijo que so quero lembrar.
Um dos menores textos que arraza qualquer Textos de 10 paginas.
Você disse tudo em poucas frases amigo.

Victor Martins disse...

ual...

a unica coisa que qro lembrar é o olhar... o beijo também...

mais o olhar foi cativo...
vc sabe do que eu estou falando.. hehe

Jhonathan disse...

Meus parabéns... mt linda...
uma mistura de uma realidade cruel com uma doce ilusão de amor e libertade, obs: uma "falsa liberdade" q na verdade nos prende, nos deixa vulnerável...