sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Mensagem ao Coração


-Bobo, bobo...
Coração bobo e frágil
Bobo na escolha
frágil em suportar as consequências.
Coração que não ajuda
Coração que ousa em um corpo covarde em viver
Coração Bobo, bobo...
Coração bobo e frágil!

As paixões que me traz
As noites que me entrega
As horas pesadas de suportar
A esperança infantil e inútil...
Coração Bobo, bobo...
Coração bobo e frágil!

Não há motivo para permiti-lo existir em mim
Engana meus gestos com facilidade e me confunde
Tolo que sou me permito guiar
Ferido pelo caminho que esse coração emprega.
Coração Bobo, bobo...
Coração bobo e frágil!

Quero guiar-me agora
Deixar a esperança não ser fato
E nem as ilusões que cria: amor
Quero noites onde eu possa sonhar sem chorar.
Óh Coração
Coração Bobo
Bobo...
Coração bobo e frágil.


Wanderson Lana
17/10/2009 02:10 am

7 comentários:

Mariza Resplandes disse...

Ler esses versos agora foi a melhor escolha que eu pude fazer. Senti meu coração bobo e frágil sonhar. Ele deu uma volta nas estrelas, passou pela praça que eu frequentava, pousou outra vez no fundo do meu peito. Chego à conclusão cadetrática de que, nem mesmo os céticos antiquados modernos ou seus inimigos, os poetas sarcásticos românticos, conseguem viver sem dilacerar um coração. Ainda bem que existe amor.

Beijo cor de arco-íris.
Você é encantador!
É sempre um prazer ouvir teus sonhos.

Bruna disse...

Eu só queria dizer
que vc nunca deve abandonar seu coração, e que quem acha o que ele fez é errado é vc, e vc não sabe de nada :) e só o tempo explica.

Hoje vi uma peça na faculdade, quase chorei de dor,
queria muito continuar no teatro com vcs :/

Quando vc ficar famoso e rico, volto pro grupo tá? hahahah

Um beijo enorme com muita saudade!

Monique disse...

Lindíssimo Poema Wanderson..
concerteza me identifiquei muitoo,
as palavas mais uma vez em colocações emocionantes. e vc vai lendo e e imaginando, isso é muito bom quando se faz um poema e o leitor quando o lê sente, imagina, emociona juntamente de acordo c/ a leitura. Parabéns!!! continue assim. E poderia além de ser um diretor de peças teatrais, concerteza um poeta. AMEI! ♥

Darci disse...

"Não há motivo para permiti-lo existir em mim
Engana meus gestos com facilidade e me confunde
Tolo que sou me permito guiar
Ferido pelo caminho que esse coração emprega."

Experiencia propia já vivida.

Guilherme disse...

Adoreii...papai isso é lindo demais!!

Rafaela disse...

Adoro essa também... tãão bonitiinha. Poe no livro.

Jhonathan disse...

Muito lindo, inspirador...
é realmente o q acontece
e não a nada que possa ser feito
o coração continua do mesmo jeito...
gostei do blog...