terça-feira, 6 de maio de 2008

Arbítrio... livre















Deram-me uma vida que não quero
Devolvo?
Sim!
Mas devolvê-la é pecado
Do qual não posso recorrer.

.

Nesses dias onde não há chuva
Nem sol... Nem eu
pego algumas vogais e construo o nada
minha única pretensão
Prêmio.

.

Cansei das difulcudades de ser feliz
Dos sentimentos a mim impostos
a maneira comum de levar a vida
E esse sonho que só pesa as costas...
Preciso sentar
Descançar as pernas, a alma
Aguardar ou devolver.

.

É pecado!
- Mas é minha!
É pecado!
- Devolvo!
é pecado... é pecado.

.


O vento então leva minha sombra
Até haver coragem
(Há desejo)
Onde eu possa descançar minhas pernas
Sem gozar dessa vida que não quero.

.

Wanderson Lana

6 comentários:

Boo disse...

Resposta a frase feliz do Caio?
Gostei :)

Mariza Resplandes disse...

Saber sentir.
Você sabe.

:)

Darci Junior disse...

Não a dificuldades para a felicidadee!!

Podemos ser felizes apenas com um abraço ou uma palavra amiga...

Darci Junior disse...

Ela sempre existe!

●๋• =Doüglaas disse...

PERFEITO esse *.*

Dionathan disse...

Nossa, Muito Lindo mesmo amigo.
Você sabe mesmo ser poeta, começando pelas Imagems que é bela de se ver alem de ser muito triste.