segunda-feira, 31 de março de 2008

Domingo

Ontem eu me matei
Abri meus pulsos e mostrei toda a minha verdade
Sangrei sem gritar,
sem gemer
Sem pedir ajuda...
Apenas me despedi e fechei os olhos.
Mas Acordei hoje sem saber o que sou e nem o que fazer.
Wanderson Lana.

3 comentários:

Darci Junior disse...

Você é um otimo escritor e um bom amigoo, o melhor. Pronto agora já sabe!
hehe!

catherine_netin disse...

INCRÍVEL! Muito bom mesmo! Essa foi curta mais muito tocante! parabéns!

tailynne disse...

perfeito magnifico! sem mais palavras