segunda-feira, 7 de abril de 2008

Aos Elefantes

Meus melhores amigos eram elefantes

Digo eram, pois já não sei se existem mais

Uma senhora disse que nunca houve elefantes aqui.

.

Agora não sei para onde foram meus segredos

Ou se eram reais aqueles abraços

Os elefantes me diziam coisas ternas, especiais

E hoje vem a certeza de nunca ter ouvido nada.

.

Eles sempre foram tão reais

Tiravam-me do mundo e me levavam para um lugar incrível

Eu perdia meu sarcasmo e meus preceitos

Enchia-me de orgulho por ter ao lado pequenos elefantes.

.

"Sempre estive sozinho então?"

A senhora não respondeu. Não queria causar mais dor

"Elefantes não existem, menino"

...Sempre estive sozinho então.

.

É injusto não ter ninguém para culpar...

Mesmo sendo minha essa ilusão, o dia sempre dormia antes

As coisas pareciam mais fáceis

Minha vida não era feita de tantos pretéritos imperfeitos.

.

Meus melhores amigos eram elefantes

Digo eram, pois já não sei se exitem mais

Uma senhora disse que nunca houve elefante aqui

Nem abraços

Insentivo

Convites

palavras de afago

ou olhares aconchegantes

Nunca...

.

Nunca houve ninguém além de mim tentando reconfortar a mim mesmo.

Wanderson Lana

.


4 comentários:

Mariza Resplandes disse...

"Ou se eram reais aqueles abraços."

Eram. Eram, sim.
Não acredite nessa velha rabugenta.
Eu vi! Pois é, pois é, pois é...

*.*

Darci Junior disse...

Os abraços eram reais sim!!
Como os elefantes eu tabém vi eles..
Vi tabém o Boto, o saci a caipora...
Como tudo na vida é real!!

Você tem o dom de torna realidade!

kiko disse...

Concordo com a mariza!!

Não ouça essa velha rabugenta.

eles existiram, e existem a cada manhã q nasce...

Dionathan disse...

"Sempre estive sozinho então?"

A senhora não respondeu. Não queria causar mais dor

"Elefantes não existem, menino"

...Sempre estive sozinho então.!!!
Essa frase disse Tudo !